* Parcerias


Autor Tópico: Garagem do Buckrog: "NOVO" Lotus Exige S3 Roadster - GT Spirit (2013)  (Lida 393922 vezes)

Offline Caldas

  • Daniel Caldas
  • Moderador Global
  • Feedback: (0)
  • Colecionador Platinum
  • *****
  • Mensagens: 6473
Re: A Garagem do Buckrog: Mercedes Unimog
« Responder #1605 em: 28 de Dezembro de 2012, 10:16:17 »
Muito boas peça este Unimog, o verdadeiro é táo simples que quando vemos esse interior ficamos meios esquecidos e dizemos que interior tão simples, mas na verdade ele é mesmo assim  [:lol02:]

Offline Pvale

  • Feedback: (+9)
  • Génio das Miniaturas
  • *****
  • Mensagens: 7417
Re: A Garagem do Buckrog: Mercedes Unimog
« Responder #1606 em: 28 de Dezembro de 2012, 11:59:40 »
Unimog  [:cheesy:]  conduzi vários no exercito , não estes mas tambem eram muita malucos  [:lol02:]
 
Quanto á miniatura , parece uma peça exelente para se ter na coleção (pena mesmo são os preços) , os detalhes a nivel de mecánica estão muito bem trabalhados
 
parabens mais esta peça fora do vulgar  [:happy72:]

Offline buckrog

  • Rogério Henriques
  • Feedback: (+22)
  • Colecionador Silver
  • ****
  • Mensagens: 3184
  • Um apaixonado por automóveis...
Re: A Garagem do Buckrog: Mercedes Unimog
« Responder #1607 em: 28 de Dezembro de 2012, 21:26:09 »

 [:excited:] [:excited:] se me o quiseres emprestar eu faço-o passar onde nem um verdadeiro passava  [:lol02:] [:lol02:] Depois ficas encarregue da higienização do artigo  [:lol02:]
e

Acho que vou passar... Sei que o tratarias bem, mas eu é que tenho pouca habilidade nas limpezas... [:whistle:]
« Última modificação: 29 de Dezembro de 2012, 07:08:50 por buckrog »
O mundo está cheio de coisas bonitas...


Visitem a garagem do Buckrog, que vale bem a pena...
-> http://www.forum-diecast.pt/index.php?topic=7741.0

Offline bluet

  • Feedback: (+7)
  • Membro FDC
  • *
  • Mensagens: 482
Re: A Garagem do Buckrog: Mercedes Unimog
« Responder #1608 em: 28 de Dezembro de 2012, 21:34:11 »
Muito bom o unimog, gostei muito..... [:happy72:] [:yap:]

Offline Miguel_V40

  • Feedback: (+84)
  • Génio das Miniaturas
  • *****
  • Mensagens: 7561
  • Miguel Ferreira
Re: A Garagem do Buckrog: Mercedes Unimog
« Responder #1609 em: 28 de Dezembro de 2012, 22:21:56 »
... Sem que o tratarias bem...

CLARO que o tratava bem!!! Basta visitares a minha garagem TT

 [:lol04:] [:lol04:] [:lol04:]


Offline arrozatum

  • Feedback: (0)
  • Membro Iniciante
  • *
  • Mensagens: 343
Re: A Garagem do Buckrog: Mercedes Unimog
« Responder #1610 em: 29 de Dezembro de 2012, 02:24:12 »
Os únicos Unimog's que conhecia eram as versões militares, e acho que não tinham suspensões, pois quando eramos transportados lá dentro pelo meio do mato davamos cada salto e cada cabeçada no tecto que parecia não ter mesmo suspensões. [:lol02:]

Gostei desta versão bombeiros, carregada de bons pormenores e da esclarecedora introdução.

Mais uma bela entrada nesta garagem.

Parabéns pelo bom gosto [:happy72:]

Offline lord_lutz

  • Feedback: (0)
  • Colecionador Iniciante
  • **
  • Mensagens: 1091
  • "And on the 8th day God created PORSCHE"
Re: A Garagem do Buckrog: Mercedes Unimog
« Responder #1611 em: 29 de Dezembro de 2012, 11:26:02 »
Este Unimog está muito bom, a Schuco esforça-se por fazer um bom serviço com os ícones alemães, falando do 1/1, alguns quartéis de bombeiros portugueses também têm Unimogs, que já tinham pertencido anteriormente ao exército, são bem resistentes [:happy14:]

Offline Commendatore

  • João Duarte
  • Feedback: (+24)
  • Génio das Miniaturas
  • *****
  • Mensagens: 7365
Re: A Garagem do Buckrog: Mercedes Unimog
« Responder #1612 em: 30 de Dezembro de 2012, 19:14:20 »
O Unimog é uma daquelas peças de história do automóvel que me fascinam muito. A miniatura está francamente boa  [:happy14:]

Miguel, Miguel... logo te havia de cair à "enxurrada" uma coisa tão inapta para aventuras  [:lol02:] [:lol02:]

Offline RM_Correia

  • Feedback: (+7)
  • Génio das Miniaturas
  • *****
  • Mensagens: 8704
Re: A Garagem do Buckrog: Mercedes Unimog
« Responder #1613 em: 30 de Dezembro de 2012, 19:27:31 »
Muito bem representado, gostei dos detalhes deste Unimog, bem porreiro !!

Offline buckrog

  • Rogério Henriques
  • Feedback: (+22)
  • Colecionador Silver
  • ****
  • Mensagens: 3184
  • Um apaixonado por automóveis...
Re: A Garagem do Buckrog: Mercedes Unimog
« Responder #1614 em: 01 de Janeiro de 2013, 15:18:06 »
Obrigado, malta. Ainda bem que gostaram do bicho... [:happy14:]
O mundo está cheio de coisas bonitas...


Visitem a garagem do Buckrog, que vale bem a pena...
-> http://www.forum-diecast.pt/index.php?topic=7741.0

Rod

  • Visitante
  • Feedback: (0)
Re: A Garagem do Buckrog: Mercedes Unimog
« Responder #1615 em: 02 de Janeiro de 2013, 22:03:59 »
Eu também gostei e estive várias vezes vai-não-vai para comprar um... obrigado por me convenceres a desgraçar a carteira [:whistle:]

Offline buckrog

  • Rogério Henriques
  • Feedback: (+22)
  • Colecionador Silver
  • ****
  • Mensagens: 3184
  • Um apaixonado por automóveis...
Re: A Garagem do Buckrog: Alpine A310 V6 (1976)
« Responder #1616 em: 02 de Janeiro de 2013, 23:54:57 »
Desta vez, vamos para um Alpine. Já faltava este menino na minha área dos carros franceses. Este modelo já foi postado cá no Fórum, mas na versão da polícia, ora eu tinha que postar o “civil” com uma introdução a condizer…

Alpine A310 V6 (1976)

O Alpine A310 foi apresentado no Salão Automóvel de Genebra em 1971, sendo o sucessor do então famoso A110, que todos conhecemos e que teve grande sucesso na competição, ganhando o Rally de Monte Carlo e o Campeonato do Mundo de Rallyes.

O carro tinha um estilo particular, mas de alguma forma característico desta época em que começaram a surgir alguns desportivos de linhas menos curvilíneas que nos anos 60, mas com visual particularmente agressivo. As versões produzidas de 1971 a 1976 tinham ainda um toque distintivo, com 6 faróis dianteiros, ao longo de toda a zona frontal. Para além de suceder ao A110, o A310 pretendia também ganhar um novo cliente que achava o anterior A110 demasiado espartano. Por isso tinha um nível de conforto e acabamentos superior e foi equipado com 2 pequenos lugares atrás, podendo ser classificado com um 2+2. Há também quem diga que o objectivo era claramente competir com o 911. Se hoje isto pode parecer “estranho” na altura não era tanto, sobretudo se tivermos em conta o track record do seu antecessor, o A110.

Este modelo era muito esperado pela imprensa e pelo público (finalmente um GT francês!) mas acabará por marcar de certa forma o declínio da Alpine. A construção da nova fábrica em Dieppe e em Thiron-Gardais mergulhou as contas da pequena empresa no vermelho. Para ajudar, uma greve dos funcionários recém-contratados impediu a entrega em tempo dos novos carros e a necessidade de que eles fossem disponibilizados a todo o custo. Na prática, o carro demorou a surgir no mercado depois da sua apresentação e só esteve disponível já em 1972. E para ajudar, o carro ficou com alguns problemas de juventude: falhas na montagem, na regulação da suspensão, etc. Estes problemas foram corrigidos, mas os danos na imagem do carro e da marca já estavam feitos.

Penso que todos sabemos mas a Alpine era uma companhia independente baseada em Dieppe, França, especializada na preparação de Renault. Em 1973, a Renault tornou-se o acionista majoritário da Alpine que estava em grandes dificuldades. Por outro lado, esta compra terá permitido à marca a sobrevivência ao choque petrolífero de 1974, que teve efeitos devastadores na indústria automóvel.

A primeira versão foi o A310 VE 1600 que herdou o motor de 1605 cm3 do A110 Alpine, com 2 carburadores duplos Weber e 125cv. Em 1974, surge também uma evolução no A310 com a chegada da injeção. A injecção foi instalada no motor do R17 TS numa primeira fase e R17 Gordini numa segunda fase com uma potência de 125cv. O A310 não ganhou em potência, mas em agradabilidade na condução. Depois, com o choque do petróleo surgiram limites de velocidade e restrições no consumo de combustível. Por isso, desapareceram as versões de carburador (mais gulosas), substituídas pela injeção e surgiu a versão A310 TX de 1600cc e com 95cv, que acabou por ficar conhecida como o Alpine dos pobres, de certa forma como o A110 1300 também o tinha sido, alguns anos antes. Longe de ser um Alpine barato, o A310 TX (1600 VG), tinha o motor (exceto a cabeça, a tampa das válvulas e árvores de cames) do R16 TX. As suas performances eram bastante boas graças ao seu baixo peso e à boa aerodinâmica, com um consumo bem razoável…

Em 1976, (finalmente…) surge o esperado V6, que é a máquina que se mostra aqui no post. O A310 sofreu então um restyling assinado por Robert Opron, perdendo 2 dos faróis dianteiros e foi equipado com um novo motor V6 de 2700cc, resultado de uma parceria entre a Peugeot, Renault e Volvo, daí ser chamado de PRV. Com a chegada do motor V6, houve mais mudanças: novo chassis tubular, novo interior, nova suspensão e a partir de 1979, uma caixa de 5 velocidades. Com este motor, o A310 tornou-se um carro bandeira das performances da Renault e com 150cv atingia 225 km/h com acelerações bem razoáveis (8 segundos dos 0-100km/h). O carro tinha uma traseira mais pesada e acabava por ter um comportamento bem parecido com o 911.

Nos modelos mais recentes, a partir de 1981, o A310 ganhou um "GTPack" com inspiração na competição do Grupo A e com um visual mais agressivo (vias e guarda-lamas alargados, maiores spoilers traseiros e dianteiros. Além disso, em 1980, o carro receberá melhorias adicionais, tais como uma suspensão nova à frente e modificações na suspensão traseira, que provêm diretamente do R5 Turbo. Foi a partir de 1981 que a designação mudou de Alpine Renault para Renault Alpine, já agora. Em 1983, surgiu uma versão com motor mais “preparado”, chamada “Boulogne”, com aumento de cilindrada para 2849cc e 193 cv.

Em 1985, o A310 foi substituído pelo Alpine GTA. O A310 mantém-se como um carro relativamente raro, tendo sido produzidos 2.663 unidades com motores de 4 cilindros e 9.139 unidades com o motor V6.

Na prática, o A310 tinha performances e um comportamento que estavam equiparados com o Porsche 911, para não dizer superiores, dependendo das versões. No entanto, a menor qualidade de construção do A310 e a falta de investimento da Renault, bem como a fiabilidade, qualidade e progressivo aumento do nível de preparação do 911 não deixaram que o A310 ganhasse este duelo nos anos 70… (a verdade é que o A310 merecia bastante mais desde a sua concepção, pois tinha sido pensado para ser equipado com motores mais potentes, mas o choque petrolífero e a falta de vocação da Renault para os GT não permitia mais… mas isto já é uma opinião pessoal, claro está).

(desculpem, estiquei-me com a introdução…)

A primeira versão VE


Uma versão de aspecto mais “musculado” do “4 cilindros”


O V6




Uma versão de competição. Uau!


Uma das últimas versões



Alpine A310 V6 (1976) - Norev

A miniatura é uma Norev, e não sendo de uma qualidade excepcional, até porque este modelo já não é dos mais recentes deles, está bemzinho.

Em todo o caso, parece-me um compromisso razoável e pelo que sei não há produção de outra marca. Tem uma boa qualidade geral, sobretudo na pintura e no molde que me parecem bem. As ópticas estão ok, mas podiam estar melhor montadas como se pode ver... O interior está simples e não deslumbra mas acaba por ser das melhores partes. Quando ao motor parece-me demasiado simples e no capot dianteiro falta a roda suplente. As jantes tipo “bobine” estão simples, mas tal como eram as originais, logo corretas.

Globalmente, gosto bastante dela mais pelo carro que reproduz, que pela mini, embora exteriormente fique bastante bem numa vitrine e tenha um aspecto bem impactante de vários ângulos, como se pode ver nas fotos. Não lhe ficaria nada mal uma representação melhor e se fosse de um dos modelos mais “musculados” ficaria de cair o queixo. A Otto já fez uma representação do A310 pack GT, mas eu fui “parvinho” e deixei-a passar… era vermelha.

Por último, a mini é azul e isso num Alpine como este coloca-o logo numa classe à parte. Fartei-me de tirar fotos, porque gosto muito do carro em vários ângulos.

Bom, vamos às fotos… Espero que gostem.

























Continua…
O mundo está cheio de coisas bonitas...


Visitem a garagem do Buckrog, que vale bem a pena...
-> http://www.forum-diecast.pt/index.php?topic=7741.0

Offline buckrog

  • Rogério Henriques
  • Feedback: (+22)
  • Colecionador Silver
  • ****
  • Mensagens: 3184
  • Um apaixonado por automóveis...
Re: A Garagem do Buckrog: Alpine A310 V6 (1976)
« Responder #1617 em: 02 de Janeiro de 2013, 23:57:55 »
Mais umas …

































O mundo está cheio de coisas bonitas...


Visitem a garagem do Buckrog, que vale bem a pena...
-> http://www.forum-diecast.pt/index.php?topic=7741.0

Offline marcio

  • MUSEU STUTTGART(PORSCHE)
  • Feedback: (+35)
  • Colecionador Silver
  • ****
  • Mensagens: 3188
    • http://www.forum-diecast.com.pt/index.php?topic=5585.0
Re: A Garagem do Buckrog: Alpine A310 V6 (1976)
« Responder #1618 em: 03 de Janeiro de 2013, 08:59:49 »
boas. este ALpine está demais, anda a pessoa a procura de um  [:yap:] e dou aqui de caras com um na tua garagem, gosto da cor  [:babado:] bons detalhes, tem muita presença excelente aquisicao  [:happy72:]

Offline Carreiras

  • Feedback: (+1)
  • Colecionador Gold
  • ****
  • Mensagens: 3610
Re: A Garagem do Buckrog: Alpine A310 V6 (1976)
« Responder #1619 em: 03 de Janeiro de 2013, 09:26:15 »
Alpine só pode ser azul.

está muito bom

este carro teve a tarefa dificil de fazer esquecer o A110, e não fez...