Autor Tópico: Competição Automóvel - Dakar / TT  (Lida 55880 vezes)

Offline richa

  • Feedback: (+3)
  • Apaixonado do Diecast
  • ***
  • Mensagens: 2115
Re: Competição Automóvel - Dakar / TT
« Responder #390 em: 24 de Janeiro de 2017, 12:28:00 »
No Africa ECO Race, a Betinha desistiu com problemas no motor ... que era novo. Vitória nas motas para Teddy Sella, nos carros Vasilyev a fazer um passeio, em 2º Zapletal com o Hummer a 2h10m. Nos camiões venceu a kamaz com karginov. Tudo correu bem, não houve etapas anuladas, penalizações mal aplicadas, penalizações sem explicação, favorecimento de marcas ou pilotos de algumas nacionalidades, etc...

No Dakar, o Americano:
2 etapas anuladas e uma alterada reduziram a competição em cerca de 1000km, penalizações polémicas e sem explicação.
Nas motas, no papel 1º Sam Sunderland, 2º Walkner e 3º Farres Guell, na pista 1º Barreda, 2º Sam Sunderland e 3º Gonçalves.
O facto que gerou mais polémica foi a penalização de 1h aos pilotos Honda e a mais alguns menos bem colocados. Fizeram o mesmo que fez Peterhansel há um ano(que não foi penalizado). A razão é simples e eu que não sou entendido vi, o regulamento diz que os pilotos não podem receber assistência da equipa de assistência no percurso de prova. Podem receber assistência no percurso de ligação caso o percurso seja comum à assistência e à prova. E o que é uma neutralização? E o que é uma neutralização em que o percurso é comum à prova e às assistências? Pode gerar duvidas e acho ridículo o regulamento do Dakar estipular o tipo de carros de assistência, o tipo de autocaravanas a utilizar, mas não define o que é uma neutralização, ainda para mais depois da polémina com o Peterhansel em 2016. O que ainda me deixa mais chocado é a Honda estar a investir vários milhões, saber que tem 2 dias para contestar uma decisão, aldrabar a data do documento e entrega-lo 4 dias depois da penalização ser aplicada. O director da equipa é ... um ex KTM. Marc Coma tinha dito que a navegação ia ter um papel fundamental, não disse é que o Road Book estava incompleto, então as 2 etapas que decidiram o Dakar foram ganhas por Sam Sunderland que partiu fora do top10, enquanto que os adversários que partiram na frente andaram aos Pokemons!!!!
Joaquim Rodrigues que fez 10º na pista e já depois de estar em casa foi relegado para 12º com mais uma das penalizações que a ASO atribui sem explicação.

Nos carros, 1, 2 e 3 para a Peugeot, Peterhansel, Loeb e Despres.
Os Toyota oficiais(HallSpeed) todos os anos têm percalços, no shakedown a temperatura da Hilux do De Villiers bateu no vermelho. Na 1ª etapa a do Nasser quase que ardia com uma fuga de óleo, depois bomba de combustível na Hilux do De Villiers. A do Roma, assistida pela Overdrive só teve problemas típicos das corridas, furos.
Nasser, na minha opinião o único que podia fazer frente aos Peugeot, abandonou depois de arrancar uma roda à Hilux na 3ª etapa.
Nos Mini, ficou provado que o chassi está ultrapassado, na minha opinião o Hirvonen andou bem e extraiu tudo do Mini, nem nas zonas tipo WRC andou perto dos Peugeot. O único Mini que teve problemas mecânicos foi o do Boris navegado pelo Filipe Palmeiro, a 2 dias do final estavam um excelente 7º da geral. Al Radji, não tem estaleca para o Dakar, no 1º ano apareceu cheio de poupa a dizer que lhe tinham dito que era muito duro, na altura seguia em 3º e dizia que afinal o Dakar era fácil. Esteve para desistir.
Nos Peugeot, Sainz mandou-se encosta abaixo, Loeb teve um problemazinho com uma bomba de óleo, mas conseguiu recuperar e lutar até final com Peterhansel. O sr Dakar manteve a calma e Loeb ao ataque acabou por errar numa secção tipo WRC, um furo decidiu uma corrida de 2 semanas. Os buggy Peugeot estão muito bons, têm tracção nas zonas lentas permitindo um jogo igual com os 4x4, velocidade de ponta nas zonas rápidas, as rodas grandes e os cursos de suspensão superiores ajudam no fora de pista.

Lá na Mini, depois de em 2015 e 2016 testarem o buggy americano já deveriam ter construído um buggy europeu de raiz com o motor diesel, com os ensinamentos do buggy americano que têm lá na garagem. Com o tempo que tanto a X-Raid como a Overdrive já perderam só vão voltar a cheirar a vitória depois de a Peugeot se fartar do Dakar.

Nos Camiões, Nikolaev, Sotnikov e de Rooy. De Rooy foi o mais rápido, mas teve problemas mecânicos em 2 etapas que lhe custaram 1h20m, deixando assim caminho aberto à Kamaz.
« Última modificação: 24 de Janeiro de 2017, 13:10:43 por richa »

pjot

  • Visitante
  • Feedback: (0)
Re: Competição Automóvel - Dakar / TT
« Responder #391 em: 01 de Fevereiro de 2017, 22:02:44 »
Este ano nem segui a Eco Race... Mas o Dakar segui. Foi imteressante apesar de tudo. Não dava o Loeb como candidato à vitória mas depois de todo o percurso fiquei bem surpreendido quando na penúltima etapa atacou e ganhou tempo nos troços que não eram mais favoraveis para ele mas perdeu para o Peterhansel na parte que já conhecia do rali da Argentina! Excelente prestação de ambos numa prova onde pareceu não existir ordens de equipa para os candidatos. Nota negativa para o Sainz que pareceu um amador a capotar.

Ja os portugueses, apesar da injustiça que fizeram ao Paulo Gonçalves, poderiam ter feito melhor.

Offline richa

  • Feedback: (+3)
  • Apaixonado do Diecast
  • ***
  • Mensagens: 2115
Re: Competição Automóvel - Dakar / TT
« Responder #392 em: 13 de Fevereiro de 2017, 16:45:10 »
"Na reunião entre FIA, X-Raid Mini, Toyota e Peugeot discutiram-se os futuros regulamentos técnicos de Todo-o-Terreno. Em 2019 devem ser adoptados motores a gasolina turbo (os diesel desaparecem) tração 4X4.

 O futuro do Dakar será também 4x4. Para todos, incluindo Peugeot, se a marca francesa quiser continuar. O motores a Diesel também deverão sair do mapa dos ralis Todo-o-Terreno ao mais alto nível.

 "Desta forma, haverá um equilíbrio no desempenho, mais viável para todos", diz Jean Marc Fortin, o gerente da equipa Overdrive que no Dakar de 2017 lutou pelo pódio com os seus pilotos Giniel De Villiers e Nani Roma nas suas Toyota Hilux. "O TT era a única disciplina sob alçada da FIA confusa a nível de motorização, restritores, e regulamento. Esta nova decisão, que encontrou consenso de todos, sem excepção, deverá simplificar um pouco o panorama".

Outra novidade poderá ser a criação de um campeonato do mundo, a exemplo dos existentes de ralis, endurance ou turismos. A acontecer, poderá já no próximo ano.

"O projeto Campeonato Mundial FIA finalmente chega, depois de tantos anos de Taça do Mundo e já está começando, talvez, a partir de 2018 - e então recita uma série de factos interessantes sobre prioridades", afirma Fortin.

 Os pilotos principais poderão pilotar apenas carros 4x4 e os buggy de duas rodas motrizes também continuarão competindo, embora deverão ter um motor único - distintas marcas, mas o mesmo propulsor.

 A próxima reunião da FIA deve confirmar e validar tudo para a época de 2018 que deverá arrancar novamente com a Baja Rusia–Northern Forest. Esta determinante reunião da FIA decorrerá em Genebra a 9 de Março.

 Talvez surpreendente é o facto da Peugeot ter concordado, depois de ter criado, desenvolvido, levando à vitória, um buggy de motor diesel e duas rodas motrizes.

Apesar de não confirmado, intensifica-se o rumor que a Peugeot vai correr o Dakar em 2018, com DKR3008 e a clara intenção de ganhar a quadragésima edição da corrida mais difícil do mundo. "

Sportmotores.com

Offline richa

  • Feedback: (+3)
  • Apaixonado do Diecast
  • ***
  • Mensagens: 2115
Re: Competição Automóvel - Dakar / TT
« Responder #393 em: 13 de Fevereiro de 2017, 16:55:49 »
Apesar de gostar muito da sonoridade das Hilux e das Ranger esta é uma alteração ao regulamento que já tardava pois a tendência do mercado é a redução da cilindrada e utilização de motores turbo, o tt é a única modalidade FIA em que os motores a gasolina Turbo estavam banidos.

Esta é uma medida que pode até trazer novos construtores para o tt, pois o regulamento diz que os motores têm de derivar de grande serie e nem todos têm motores 3.0 diesel Biturbo(BMW e Peugeot), ou grandes mototes a gasolina V8(Toyota/Lexus e Ford) e claro, em termos de imagem nenhum construtor quer ter carros equipados com motores da concorrência.

Estranho ou talvez não é a posição da Peugeot, tem um diesel 4x2 e terá de desenvolver um 4x4 a gasolina, mas não me parece que em 2019 ainda estejam pelo tt ... a ver vamos!

Offline ZecaTT

  • Feedback: (+10)
  • Colecionador Experiente
  • ***
  • Mensagens: 1776
  • Diesel Power
Re: Competição Automóvel - Dakar / TT
« Responder #394 em: 13 de Fevereiro de 2017, 23:21:12 »
A concordância da peugeot poderá ter a ver com este ponto:
"os buggy de duas rodas motrizes também continuarão competindo, embora deverão ter um motor único - distintas marcas, mas o mesmo propulsor."  [:wink01:]

A última tentativa de motores pequenos a gasolina Turbo (Mitsubishi) não surtiu grande efeito, vamos ver o que nos espera...

Abraço
CumprimenTTos

Na dúvida.... é a FUNDO!!!

Offline richa

  • Feedback: (+3)
  • Apaixonado do Diecast
  • ***
  • Mensagens: 2115
Re: Competição Automóvel - Dakar / TT
« Responder #395 em: 14 de Fevereiro de 2017, 10:42:26 »
A concordância da peugeot poderá ter a ver com este ponto:
"os buggy de duas rodas motrizes também continuarão competindo, embora deverão ter um motor único - distintas marcas, mas o mesmo propulsor."  [:wink01:]

A última tentativa de motores pequenos a gasolina Turbo (Mitsubishi) não surtiu grande efeito, vamos ver o que nos espera...

Abraço
Os motores Diesel são bem mais caros, e não me parece que a Peugeot queira vender os motores por tuta e meia... Voto mais numa solução de um motor derivado de Le Mans a gasolina, repara que quase todos os buggy têm motor Chevy, mas tb não é de descartar o Toyota pelo envolvimento da marca ou até da BMW caso venha a ser adoptado o turbo tb nos buggy.

A ultima tentativa de motor a gasolina turbo foi falhada porque se tratou de um motor Gr N preparado para Rali. Os motores que actualmente fazem o dakar podem fazer 2 Dakars sem problemas, portanto 20000km,  alguma vez um motor de Rali faz tantos kms? Na Argentina ainda construíram 2 Subaru legacy com o motor do Impreza GrN, foram ao Dakar, um desistiu na 2ª etapa e o outro na 3ª!!!

Depois cá pelo burgo, o Miguel cilindrou a concorrência na 1ª prova, depois e excecionalmente a FPAK aplicou um restritor diferente do da FIA para equilibrar as coisas, e depois começaram os problemas de fiabilidade. Não te esqueças de uma coisa, de 86 a 96 os vencedores do Dakar foram turbo a gasolina, em 97 alteraram-se os regulamentos que culminaram com a extinção da Citroen.

Offline ZecaTT

  • Feedback: (+10)
  • Colecionador Experiente
  • ***
  • Mensagens: 1776
  • Diesel Power
Re: Competição Automóvel - Dakar / TT
« Responder #396 em: 19 de Fevereiro de 2018, 15:06:47 »
Este fim-de-semana iniciou-se mais uma taça do Mundo de TT com a realização da Baja Northen Forest.
Nasser Al-Attiyah, pela primeira vez na Rússia, o Piloto do Qatar venceu a prova na frente de Martin Prokop e o Piloto da casa Vladimir Vasilyev.
Esta prova teve a particularidade de mais uma vez ter uma dupla Portuguesa à partida, Bruno Oliveira e Paulo Marques aos comandos de uma "velhinha" Nissan Navara T2 concluíram a prova no segundo lugar do Agrupamento atrás do Piloto Russo Alexey Titov o que lhes valeu um excelente 11º lugar à Geral.
CumprimenTTos

Na dúvida.... é a FUNDO!!!

pjot

  • Visitante
  • Feedback: (0)
Re: Competição Automóvel - Dakar / TT
« Responder #397 em: 24 de Fevereiro de 2018, 11:50:25 »
Finalmente desenterraram este tópico! Bem-vindo de volta Zé!

Por onde anda o Richa? Senti a vossa falta nas discussões do Dakar e da Eco Race. Este ano até consegui seguir bem as duas provas!  [:wink01:] A Eco-Race foi muito boa para os motards portugueses! Só tenho pena que o Carlos Sousa, já que não tem dinheiro, não alinhe na Eco Race... ali seria Rei!  [:confused59:]

Offline ZecaTT

  • Feedback: (+10)
  • Colecionador Experiente
  • ***
  • Mensagens: 1776
  • Diesel Power
Re: Competição Automóvel - Dakar / TT
« Responder #398 em: 26 de Fevereiro de 2018, 16:36:36 »
Finalmente desenterraram este tópico! Bem-vindo de volta Zé!

Por onde anda o Richa? Senti a vossa falta nas discussões do Dakar e da Eco Race. Este ano até consegui seguir bem as duas provas!  [:wink01:] A Eco-Race foi muito boa para os motards portugueses! Só tenho pena que o Carlos Sousa, já que não tem dinheiro, não alinhe na Eco Race... ali seria Rei!  [:confused59:]

É verdade Paulo, tenho andado um pouco afastado aqui do fórum, vou acompanhando, mas não tem dado para escrever, agora infelizmente tenho algum tempo e voltei.

Bom, indo por partes..
O Africa Race por muito que haja Pessoal a querer comparar o incomparável e a dizer que é o verdadeiro Dakar, para mim não passa de Amadores e é afinal o que eles pretendem que seja e acaba por ser um grande treino e uma grande escola para quem quer fazer o Dakar, tanto que, o Oliveira já veio dizer que para o ano quer ir ao Dakar, ainda vamos ver um destes anos um camião a ganhar à geral, aliás, se não fosse a limitação da velocidade, acho que já tinha acontecido.

Quanto ao Carlos Sousa, ele já não está naquela de andar à procura de patrocínios e/ou pagar do bolso dele, e, é verdade que o nível competitivo do AER não é alto, mas para ganhar aquilo com uma perna às costas que é perfeitamente possível teria que levar um Mini ou uma boa Toyota e isso não é propriamente barato. Portanto ele vai onde lhe pagam, que foi o caso dos Chineses, dos Brasileiros e agora dos Argentinos, pena que os projectos aparecem sempre em cima da hora sem haver tempo e às vezes dinheiro para testar, para recuperar ritmo e depois acabam-se por se perder ou por falta de dinheiro, ou por falta de dinheiro ou também por falta de dinheiro...  [:whistle:]


Falando do Dakar, este foi verdadeiramente um Dakar! Claro que continuaram as palhaçadas da ASO, mas isso já faz parte. Infelizmente esteve completamente amaldiçoado para a malta cá do burgo, com o Paulo Gonçalves que poderia ter uma palavra a dizer pelo menos na luta pelo pódium e Mário Patrão que também poderia estar ali no TOP 10 a nem sequer arrancarem, o Joaquim Rodrigues a ficar logo na primeira etapa, outro que poderia fazer um brilharete, o Sousa que foi um calvário de problemas até desistir e por aí fora.
Nos carros acreditava que ia ganhar um Peugeot, mas não o do Sainz, para ser sincero era o que acreditava menos, mas até nisso foi um Dakar à Dakar. Os outros foram-se eliminando, ou por acidentes/problemas ou por erros aqui e ali que foram condicionando a classificação.
Os mini 4x2, o Americano destruiu logo um deles, o Árabe mergulhou outro no mar e o do Irvonnen foi problemas atrás de problemas, o 4x4 está no limite da evolução, continua a ser um otimo carro para correr, mas para ganhar já não dá. A Toyota evoluiu bastante, com Nasser ao Volante é uma grande mais valia, mas também não chega para os peugeot.

Nas motos, confesso que depois do azar do Paulo Gonçalves não segui com tanta atenção, mas deu para ver que por exemplo o Barreda continua igual a si próprio, muito rápido mas por isto ou aquilo não chega ao fim, portanto, mais uma vitória KTM...

Nos camiões foi uma grande luta, ao segundo!! e até aos últimos kms, infelizmente foi um problema mecânico que acabou por ditar o vencedor... mais uma vez a Kamaz!!

CumprimenTTos

Na dúvida.... é a FUNDO!!!

pjot

  • Visitante
  • Feedback: (0)
Re: Competição Automóvel - Dakar / TT
« Responder #399 em: 20 de Março de 2018, 08:36:20 »
Era destes comentários que eu tinha saudades! Mas falta mesmo agora o @richa, ele entra contigo nos pormenores técnicos que eu não sei discutir :-)

Offline m3d

  • Feedback: (+2)
  • Membro FDC
  • *
  • Mensagens: 443
Re: Competição Automóvel - Dakar / TT
« Responder #400 em: 20 de Março de 2018, 11:02:14 »
Boas

De todos os Dakar realizados no outro lado para mim foi sem duvida o melhor até agora o mais parecido com África
acompanhei do principio ao fim o que passou nas nossas televisões e a nível paisagísticos se calhar um dos melhores.

Quanto a nível desportivo enquanto houver marcas de fabrica a concorrer ainda para mais com um orçamento como o
da Peugeot todos os que lá andam andam a fazer numero pois à partida a duvida era qual o Peugeot que ganhava ainda para
mais na despedida da marca.
Como pelo andar da carruagem posso estar enganado mas quem ganha para o ano é a Toyota ( se tiver um piloto a nível).
Sim a Peugeot não oficial mas por intermédio do Nasser é uma séria candidata uma vez que pelo que pode ler ficou com tudo
o que era da Peugeot até a equipa de mecânicos e coisa que não falta para aqueles lados é dinheiro.

Cumprimentos

Offline m3d

  • Feedback: (+2)
  • Membro FDC
  • *
  • Mensagens: 443
Re: Competição Automóvel - Dakar / TT
« Responder #401 em: 20 de Março de 2018, 11:07:28 »
Quanto ao Africa eco race

Talvez os nossos Portugueses devessem apostar mais pois o nível não é tão exigente, mais provável de surgir um brilharete, como também  muito provavelmente o investimento pelo menos em deslocações "será" inferior digo eu.

Já agora qual a opinião em relação a Elisabete Jacinto ?

Kramas

  • Visitante
  • Feedback: (0)
Re: Competição Automóvel - Dakar / TT
« Responder #402 em: 20 de Março de 2018, 13:54:33 »
  Para quem anda no meio, ou segue com atenção o Dakar e o Africa Race, um 10 lugar no Dakar vale mais do que um segundo ou terceiro lugar do Africa Race,

 Mas para quem está cá fora e não percebe grande coisa ( a maioria do ppl ) dão mais valor ao gajo que ganha o Africa Race do que o tal décimo lugar no dakar, e para quem procura visibilidade e patrocinios para maiores voos começar no Africa Race é boa ideia.

Veja-se a Elisabete Jacinto, no Africa Race todos os dias no Eurosport se viam imagens dela, no Dakar à pilotos que nem 10 segundos de imagem, na óptica do patrocinador em qual preferem apostar.

Offline m3d

  • Feedback: (+2)
  • Membro FDC
  • *
  • Mensagens: 443
Re: Competição Automóvel - Dakar / TT
« Responder #403 em: 20 de Março de 2018, 14:56:42 »
Boas

Kramas em parte vai de encontro ao que penso sem nunca tirar o mérito de um Dakar mas esses tais 10 segundos que fala são para alguns por boas
ou más noticias dai ser cada vez mais difícil conseguir patrocínios para uma prova desse calibre que em nada fica barata"

Offline ZecaTT

  • Feedback: (+10)
  • Colecionador Experiente
  • ***
  • Mensagens: 1776
  • Diesel Power
Re: Competição Automóvel - Dakar / TT
« Responder #404 em: 20 de Março de 2018, 15:24:49 »
Quanto ao Africa eco race

Talvez os nossos Portugueses devessem apostar mais pois o nível não é tão exigente, mais provável de surgir um brilharete, como também  muito provavelmente o investimento pelo menos em deslocações "será" inferior digo eu.

Já agora qual a opinião em relação a Elisabete Jacinto ?

Ora bem, o Kramas, respondeu e bem à pergunta do m3d, vende-se muito mais facilmente um projecto dakar do que um projecto AER, mesmo que passe o Dakar todo sem aparecer um segundo sequer! O Dakar é muito mais mediático, obviamente que os valores entre uma e outra prova não têm nada a ver, mas é mais "fácil" arranjar o valor para o Dakar do que para o AER. Talvez com os resumos no Eurosport isso venha a mudar lentamente, mas nunca será comparável!
O Ricardo Porém está a tentar viabilizar um projecto para o Dakar 2019, Alejandro Martins também, este último claro que tem dinheiro para ir ao AER, mas lá está, prefere o Dakar...

O caso da Elisabete Jacinto é diferente, é uma mulher ao volante de um camião e isso vende em qualquer parte do mundo, ou vendia... pois parece que o crédito está a acabar... e claro, que no Dakar não tem qualquer hipótese de bons resultados e no AER com alguma sorte sempre pode arrancar ali um podiozito.


Como pelo andar da carruagem posso estar enganado mas quem ganha para o ano é a Toyota ( se tiver um piloto a nível).
Sim a Peugeot não oficial mas por intermédio do Nasser é uma séria candidata uma vez que pelo que pode ler ficou com tudo
o que era da Peugeot até a equipa de mecânicos e coisa que não falta para aqueles lados é dinheiro.

Cumprimentos

Bom, eu continuo a achar que, tendo um ou dois Pilotos de ponta, continua a haver fortes possibilidades de ganhar um Peugeot, pois, na minha opinião ainda têm performance de sobra no mínimo para discutir a vitória mais um ano, pelo que sei e posso estar enganado os carros ficaram nas mãos da PH Sport onde estão uma boa parte dos técnicos do projecto da Peugeot Sport.
Fala-se que Sainz está em conversações com a Toyota e a X-Raid, esta última vai ter Luc Alphand ao volante do Mini 4x2 no Ahbu Dabi Desert Challenge, neste que será o seu regresso à competição depois do grave acidente que teve.

Será um ano interessante de seguir.
CumprimenTTos

Na dúvida.... é a FUNDO!!!