Autor Tópico: Garagem do Buckrog: VW Carocha "Modificado PSP"  (Lida 403970 vezes)

Offline buckrog

  • Rogério Henriques
  • Feedback: (+22)
  • Colecionador Silver
  • ****
  • Mensagens: 3186
  • Um apaixonado por automóveis...
Re: A Garagem do Buckrog: Maserati 3500 GT Vignale (1960)
« Responder #1170 em: 20 de Julho de 2012, 15:41:46 »
Atenção que o que foi implementado em 1961 não foi a injecção directa! Nessa altura só o 300 SL usava um sistema desses, aqui era um sistema de injecção de combustível mas mecânico, fornecido pela Lucas. [:wink01:]

Ok, vou corrigir...
O mundo está cheio de coisas bonitas...


Visitem a garagem do Buckrog, que vale bem a pena...
-> http://www.forum-diecast.pt/index.php?topic=7741.0

Offline Silvio

  • Feedback: (+3)
  • Conquistador das Miniaturas
  • ****
  • Mensagens: 3382
  • Ilha da Madeira
Re: A Garagem do Buckrog: Maserati 3500 GT Vignale (1960)
« Responder #1171 em: 22 de Julho de 2012, 22:02:28 »
Desconhecia este modelo ... devo de dizer que gostei da réplica e da apresentaçao da mesmo , com uma história a maneira  [:happy14:] mais uma grande valia para a tua colecçao  [:happy14:] Parabéns

Offline buckrog

  • Rogério Henriques
  • Feedback: (+22)
  • Colecionador Silver
  • ****
  • Mensagens: 3186
  • Um apaixonado por automóveis...
Re: A Garagem do Buckrog: Maserati 3500 GT Vignale (1960)
« Responder #1172 em: 24 de Julho de 2012, 00:20:36 »

Obrigado pelos comentários, malta!
O mundo está cheio de coisas bonitas...


Visitem a garagem do Buckrog, que vale bem a pena...
-> http://www.forum-diecast.pt/index.php?topic=7741.0

Offline 2.0 Hdi

  • Feedback: (0)
  • Colecionador Platinum
  • *****
  • Mensagens: 5745
  • V12 960Hp Limited 449...
Re: A Garagem do Buckrog: Maserati 3500 GT Vignale (1960)
« Responder #1173 em: 24 de Julho de 2012, 21:26:33 »
Lindissimo  [:happy72:]

Ja tive oportunidade conduzir um 3500 mas fechado é um italiano interessante  [:happy72:]

Gostei das fotos e da miniatura  [:happy72:]

Offline buckrog

  • Rogério Henriques
  • Feedback: (+22)
  • Colecionador Silver
  • ****
  • Mensagens: 3186
  • Um apaixonado por automóveis...
Re: A Garagem do Buckrog: Volvo P1800 (1961)
« Responder #1174 em: 25 de Julho de 2012, 20:44:26 »

Agora vou variar mais um bocado…

Desta vez vai um sueco, mas um com história! Nem toda a gente se lembra deste carro, mas os vossos pais lembram-se de certeza. Este carro era também a estrela numa série de grande sucesso nos anos 70 com o famoso Roger Moore. A série chamava-se “O Santo”.

Volvo P1800 (1961)

Este carro tem uma história particular e típica de uma época em que as coisas se faziam de forma muito mais artesanal no mundo automóvel e por isso vale a pena contá-la…

Por volta de 1957, a Volvo queria ter um verdadeiro carro desportivo, sendo que a sua tentativa anterior, o P1900, tinha sido um desastre, com apenas 68 carros vendidos. O homem por trás deste projeto era um consultor de engenharia, Helmer Petterson, que na década de 1940 foi responsável pelo Volvo PV444. Uma curiosidade: o design era da autoria do filho de Helmer, Pelle Petterson, que trabalhava na Pietro Frua nesse momento. A Volvo insistiu sempre que o carro tinha um design italiano por Frua e só reconheceu oficialmente que Pelle Petterson o projetou já em 2009 (as marcas têm destas coisas…) A italiana Carrozzeria Pietro Frua (então uma empresa recém-adquirida pela Ghia) construiu a partir de setembro de 1957 e em 1958, os três primeiros protótipos, mais tarde designados pela Volvo como P958-X1, X2-P958 e P958-X3, (P de Projeto; 9 de Setembro; 58 de 1958 = P958).

Outra curiosidade não totalmente confirmada: o carro era para ser construído pela alemã Karmann e tudo estava preparado para lançar o carro no final de 1958. Mas entretanto o cliente mais importante da Karmann, a Volkswagen proibiu a empresa de assumir a produção e ameaçou cancelar todos os seus contratos com a Karmann. Diz-se que por receio de que o modelo ameaçasse os seus próprios modelos, o que não está confirmado. Em todo o caso, este contratempo quase causou o abandono do projecto. Outras empresas alemãs, como a NSU, a Drautz e a Hanomag, foram contactadas, mas acabaram por não ser escolhidas porque Volvo não acreditava que tivessem a qualidade de fabricação que a Volvo exigia.

Começou a parecer que a Volvo nunca ia produzir o P1800. Isso levou Helmer Petterson a obter apoio de duas empresas financeiras com o objectivo de comprar os componentes diretamente à Volvo e comercializar o carro ele próprio. A Volvo não fazia nenhuma menção ao P1800, mas de seguida houve mesmo um comunicado de imprensa com uma foto do carro, colocando a Volvo numa posição em que tinha que reconhecer a existência do carro. Estes acontecimentos levaram a Volvo a renovar os seus esforços e o carro acabou por ser apresentado ao público pela primeira vez no Salão Automóvel de Bruxelas em janeiro de 1960. A Volvo tinha contratado a inglesa Jensen Motors, cujas linhas de produção estavam subutilizadas para a produção de 10.000 carros. Em setembro de 1960, a primeira unidade do P1800 deixou a fábrica da Jensen na Inglaterra.

O motor do Volvo P1800 era o B18 (B para a palavra sueca para a gasolina: Bensin; 18 para 1800 cc de cilindrada) com dois carburadores SU, produzindo 100cv. A Jensen teve problemas com o controlo de qualidade (maravilhas da industria automóvel inglesa…) de modo que o contrato foi terminado com apenas 6.000 carros produzidos. Em 1963 a produção foi transferida para a fábrica de Lundby da Volvo em Gotemburgo e o nome do carro foi alterado para 1800S (como curiosidade o “S” queria dizer montagem sueca e não Sport como poderiam estar a pensar…) O motor foi melhorado e ganhou 8cv. Em 1966, o motor de quatro cilindros foi novamente atualizado para 115cv, o que permitia atingir uma velocidade máxima de 175 km/h. Em 1969 o motor B18 foi substituído pela variante 2-litros (B20B) com 118cv, mas manteve a designação 1800S.

Um Volvo P1800 branco (com a matricula ST1) foi utilizado na série “O Santo”, lançada em 1962. O carro era a veículo de Simon Templar, interpretado por Roger Moore e tinha um grande destaque na série.

Uma curiosidade: a Jaguar também foi contactada para fornecer um Type-E para a série, mas declinou, segundo consta, com o argumento de que já tinha muita procura e não precisava de publicidade adicional. Resta dizer que “o Santo” era um personagem tipicamente inglês e a série passava-se na Inglaterra dos anos 60. Logo, nada melhor que conduzir um modelo novo da Jaguar, certo? Parece que a Jaguar não pensou assim… Já a Volvo aproveitou a oportunidade e bem, porque a série ajudou bastante ao aumento das vendas do P1800 e na prática à criação de um ícone dos anos 1960. Outra curiosidade: o Roger Moore gostou tanto do Volvo, que comprou um para seu uso pessoal. Mais tarde, na década de 1970 quando houve um remake da série (O Retorno do Santo), a Jaguar já não desperdiçou a oportunidade e ofereceu o novo XJ-S para aparecer na série.

Em 1970 surgiu o 1800E com várias mudanças, nomeadamente, alterações no motor que passou a ter injeção, produzindo 130cv. A velocidade máxima passou para cerca de 190 km/h e a aceleração de 0-100 km/h para 9,5 segundos.

Em 1972 surgiu a última variante deste modelo, o 1800ES que era uma station wagon coupé com um portão traseiro todo em vidro, aquilo a que muitas vezes se chama uma shooting-brake. Este modelo já foi mostrado cá no Fórum numa fantástica reprodução da Minichamps e podem vê-lo na enciclopédia

O projeto final foi escolhido depois de serem construídos dois protótipos, por Sérgio Coggiola e Pietro Frua. Como ambos os protótipos italianos foram considerados demasiado futuristas (um deles está hoje no museu da Volvo), foi escolhida uma proposta do designer da casa Jan Wilsgaard. O motor do 1800ES tinha uma potência ligeiramente menor (125cv), reduzindo a taxa de compressão do motor. Na prática e apesar da redução de potência, a performance do carro na estrada acabou por melhorar, porque o motor ficou mais “redondo”, ou seja, menos “pontudo”. Deste modelo foram produzidos apenas 8,077 unidades nos 2 anos de vida útil.
No último ano de produção, 1973, apenas foi produzido o P1800ES. A produção total da linha 1800 entre 1961 e 1973 ascendeu a 47.492 unidades.
A causa do relativo pouco sucesso do P1800 acabou por ser a forte concorrência. O Volvo P1800 foi lançado quase ao mesmo tempo que o Jaguar Type-E, não era mais bonito, não tinha melhor qualidade de construção e tinha um preço muito (demasiado, mesmo) parecido. No Reino Unido era mesmo ligeiramente mais caro do que um Type-E. Com concorrência deste calibre, era difícil que o Volvo fosse um grande sucesso comercial…










Volvo P1800 (1961) - Revell

A miniatura é uma Revell. A mim,a mini parece-me bastante bem, mas vocês dirão. Está ok a nível de qualidade geral, no exterior, no interior, e por aí fora. Tem um bom molde, mas sendo uma Revell não abre tudo e neste caso é a mala que fica de fora. A cor não é a melhor para realçar as formas do carro, mas esta até era a cor do carro do “Santo”…

A mini até tem uns interiores muito atractivos também, e o contraste com o exterior fica muito bem. Por outro lado, os bancos talvez estejam um pouco plásticos, algo habitual na Revell Em suma e mais ume vez, a miniatura não envergonha, sendo um compromisso razoável para o preço, mas aqui entre nós, vale sobretudo pelo carro que representa. Foi por isso que a comprei. Espero que gostem.

Vamos às fotos…





























Continua…
O mundo está cheio de coisas bonitas...


Visitem a garagem do Buckrog, que vale bem a pena...
-> http://www.forum-diecast.pt/index.php?topic=7741.0

Offline buckrog

  • Rogério Henriques
  • Feedback: (+22)
  • Colecionador Silver
  • ****
  • Mensagens: 3186
  • Um apaixonado por automóveis...
Re: A Garagem do Buckrog: Volvo P1800 (1961)
« Responder #1175 em: 25 de Julho de 2012, 20:45:24 »

Mais umas…





























O mundo está cheio de coisas bonitas...


Visitem a garagem do Buckrog, que vale bem a pena...
-> http://www.forum-diecast.pt/index.php?topic=7741.0

Offline TJSN

  • Feedback: (+2)
  • Fanático do Diecast
  • ****
  • Mensagens: 4058
  • Tiago Nova
Re: A Garagem do Buckrog: Volvo P1800 (1961)
« Responder #1176 em: 25 de Julho de 2012, 21:01:36 »
Sempre adorei este Volvo e a miniatura parece-me muito boa, pena não abrir a mala  [:happy14:]

Offline JM Design

  • Feedback: (+2)
  • Colecionador Bronze
  • ***
  • Mensagens: 2331
  • Maquetuner
    • JM Miniaturas
Re: A Garagem do Buckrog: Volvo P1800 (1961)
« Responder #1177 em: 25 de Julho de 2012, 21:02:00 »
Belíssimo exemplar. Penso que ainda não tinha visto nenhum por aqui...   [:happy17:]

Offline DJRock3

  • Feedback: (+3)
  • Aspirante a Colecionador
  • **
  • Mensagens: 853
  • Nuno Roque
Re: A Garagem do Buckrog: Volvo P1800 (1961)
« Responder #1178 em: 25 de Julho de 2012, 21:18:37 »
Que pena a falta de espaço e a falta de tempo ($$$).

O que eu gostava de ter uma miniatura igual a essa.

Que classe! Que charme! Que beleza!!! 5 estrelas.  [:happy72:]

Offline LandCarlos

  • Feedback: (+3)
  • Colecionador Platinum
  • *****
  • Mensagens: 5623
  • The best 4x4xfar!!!!
Re: A Garagem do Buckrog: Volvo P1800 (1961)
« Responder #1179 em: 25 de Julho de 2012, 21:26:38 »
Esta mini só podia aparecer em três ou quatro garagens aqui do FDC: a do X, do V_40 ou... na tua! Ora aí está ela! No geral parece-me muito bem conseguida (apesar da bagageira não abrir, o que na Revell já não se estranha...), a côr é bonito (é igual ao do Santo, não podia ser de outra côr!) e o motor e o interior, em particular o tablier, estão muito competentes  e bem acabados! Já está na wishlist!  [:happy72:]

Offline ClioWilliams

  • The baguette aficionado.
  • Feedback: (+29)
  • Colecionador Platinum
  • *****
  • Mensagens: 5961
  • Vendo ou troco rins por miniaturas AUTOart.
Re: A Garagem do Buckrog: Volvo P1800 (1961)
« Responder #1180 em: 25 de Julho de 2012, 21:31:25 »
Vi há muito pouco tempo pela primeira vez um 1:1 deste carro e fiquei tão...  [:babado:] [:babado:] [:babado:] [:babado:] [:babado:]

E a miniatura tem um aspecto francamente bom, e acho que a cor não o ofusca em nada.

Muito catita, parabéns.  [:happy72:]

Offline Commendatore

  • João Duarte
  • Feedback: (+24)
  • Génio das Miniaturas
  • *****
  • Mensagens: 7400
Re: A Garagem do Buckrog: Volvo P1800 (1961)
« Responder #1181 em: 25 de Julho de 2012, 21:35:05 »
Acho que ainda não o conhecia a esta escala  [:confused01:]

É um carro francamente interessante: é muito bom de ver quando os suecos conseguem colocar no mercado algo minimamente... latino! A miniatura é tipicamente Revell; competente. Embirro com a mania deles de meterem chapas de matrícula actuais em carros clássicos mas, ao contrário de ti, acho que a cor fica óptima no carro.

Parabéns por exibires uma peça que não se vê todos os dias  [:happy72:]

Offline Pvale

  • Feedback: (+9)
  • Génio das Miniaturas
  • *****
  • Mensagens: 7395
Re: A Garagem do Buckrog: Volvo P1800 (1961)
« Responder #1182 em: 25 de Julho de 2012, 21:37:21 »
A cor assenta lhe muito bem e faz um contraste muito bem consseguido com o interior, gostei tambem do motor


Bela entrada  [:happy72:]

Offline Carreiras

  • Feedback: (+1)
  • Colecionador Gold
  • ****
  • Mensagens: 3614
Re: A Garagem do Buckrog: Volvo P1800 (1961)
« Responder #1183 em: 25 de Julho de 2012, 21:46:00 »
há muito que aguardava por fotos deste modelo.

está um molde muito jeitoso e todos os pormenores foram bem captados.

adorei o volante

talvez opte pelo preto...

Esta mini só podia aparecer em três ou quatro garagens aqui do FDC: a do X, do V_40 ou... na tua! Ora aí está ela! No geral parece-me muito bem conseguida (apesar da bagageira não abrir, o que na Revell já não se estranha...), a côr é bonito (é igual ao do Santo, não podia ser de outra côr!) e o motor e o interior, em particular o tablier, estão muito competentes  e bem acabados! Já está na wishlist!  [:happy72:]

também pode aparecer na minha garagem [:tongue10:]

Offline Danis

  • Feedback: (0)
  • Novato
  • *
  • Mensagens: 97
Re: A Garagem do Buckrog: Volvo P1800 (1961)
« Responder #1184 em: 25 de Julho de 2012, 22:05:56 »
Muito bonito, [:happy72:] gostei de ver  [:happy14:]