Autor Tópico: Garagem do Buckrog: VW Carocha "Modificado PSP"  (Lida 401764 vezes)

Offline buckrog

  • Rogério Henriques
  • Feedback: (+22)
  • Colecionador Silver
  • ****
  • Mensagens: 3186
  • Um apaixonado por automóveis...
Re: A Garagem do Buckrog: MGB GT BRG (1965) - AutoArt
« Responder #2520 em: 26 de Dezembro de 2013, 12:14:35 »
Mais umas …  (III/III)

















O mundo está cheio de coisas bonitas...


Visitem a garagem do Buckrog, que vale bem a pena...
-> http://www.forum-diecast.pt/index.php?topic=7741.0

Offline LandCarlos

  • Feedback: (+3)
  • Colecionador Platinum
  • *****
  • Mensagens: 5617
  • The best 4x4xfar!!!!
Re: A Garagem do Buckrog: MGB GT BRG (1965) - AutoArt
« Responder #2521 em: 26 de Dezembro de 2013, 13:47:25 »
Tenho um exactamente igual e é dos meus clássicos preferidos, talvez pela proximidade que tenho ao 1:1. Assisti de perto ao restauro de uns 5 ou 6, há cá por Amarante uns 2 ou 3 a rodar com frequência e, pelo que sei, ainda é um carro que se pode usar no quotidiano pois é bastante prático. A miniatura é um Aa de excelência, tem tudo no sítio, só lhe faltam os vidros nas portas, grelhas e cromados são mesmo impecáveis e esta é a cor obrigatória! Faltam-me o A e o C para compor o trio, um destes dias tenho de me voltar ao ingleses novamente...

Offline MuscleCar94

  • João Martins
  • Feedback: (+21)
  • Apaixonado do Diecast
  • ***
  • Mensagens: 2196
  • Old peugeot's never die, they just get faster!
Re: A Garagem do Buckrog: MGB GT BRG (1965) - AutoArt
« Responder #2522 em: 26 de Dezembro de 2013, 14:30:53 »
Também o tenho em vermelho e é uma miniatura espetacular!

Grandes entradas  [:happy72:]

Offline Pvale

  • Feedback: (+9)
  • Génio das Miniaturas
  • *****
  • Mensagens: 7397
Re: A Garagem do Buckrog: MGB GT BRG (1965) - AutoArt
« Responder #2523 em: 26 de Dezembro de 2013, 18:02:13 »
Está a muito bom nivel sim sr  [:yap:]   pena só nao ter os vidros nas portas porque dá sempre um realismo tremendo a uma mini  [:happy72:]

Offline Bypo

  • Feedback: (+36)
  • Colecionador Platinum
  • *****
  • Mensagens: 4902
  • AMG Black Series & AMG Petronas F1 Team & 2'WC #44
Re: A Garagem do Buckrog: MGB GT BRG (1965) - AutoArt
« Responder #2524 em: 26 de Dezembro de 2013, 19:21:31 »
Mais um que pede por umas fotos ao sol...  [:whistle:] [:tongue10:] Nem parece verde!!!! Vamos lá Rogério!  [:happy72:]

Está porreiro sim, mas estou com o Paulo, os vidros nas portas são imprescindíveis!

Offline jpsantiago

  • João Ribeiro
  • Feedback: (+21)
  • Fanático do Diecast
  • ****
  • Mensagens: 4404
Re: A Garagem do Buckrog: MGB GT BRG (1965) - AutoArt
« Responder #2525 em: 27 de Dezembro de 2013, 09:59:55 »
Gosto! Bastante mesmo!

Só tenho a apontar que parece preto nas fotos. Mas é BRG, o que é sempre de louvar, é a melhor cor!

Miniatura com muita relevância pelo carro que representa, e superiormente concebida pela Aa... Motor, pintura, molde, interiores, jantes (espectaculares) tudo muito bom  [:happy14:]

Só lhe faltam uns vidros nas portas, de resto mesmo impecável! Ah, e a introdução está no alto nível a que estamos habituados neste tópico [:happy72:]

Parabéns!

Offline Blaave

  • Feedback: (+8)
  • Colecionador Silver
  • ****
  • Mensagens: 2930
Re: A Garagem do Buckrog: MGB GT BRG (1965) - AutoArt
« Responder #2526 em: 27 de Dezembro de 2013, 10:05:54 »
Mais um bom trabalho da Auto Art, carregando esta miniatura de bons pormenores! [:happy72:]

Se Deus fosse um carro, certamente seria um F40!

Offline Commendatore

  • João Duarte
  • Feedback: (+24)
  • Génio das Miniaturas
  • *****
  • Mensagens: 7378
Re: A Garagem do Buckrog: MGB GT BRG (1965) - AutoArt
« Responder #2527 em: 28 de Dezembro de 2013, 14:32:29 »
Talvez vos pareça estranho, mas prefiro o MGB em coupé. E, assim, na cor certa e reproduzido a rigor pela AutoArt, tanto melhor.

Gostei muito  [:yap:]

Offline Obsession

  • Administrador
  • Feedback: (+47)
  • Curador de Museu
  • *****
  • Mensagens: 13184
Re: A Garagem do Buckrog: MGB GT BRG (1965) - AutoArt
« Responder #2528 em: 28 de Dezembro de 2013, 14:37:22 »
Viva!!!

Caro rogério esse MG... [:wow:]!!! Já em 1:43 é lindo, mas em 1:18 os pormenores saltam mais à vista!!

O volante está excepcional assim como as jantes!! Soberbo!

Abraço


If everything's under control, you're going to slow

Offline Carreiras

  • Feedback: (+1)
  • Colecionador Gold
  • ****
  • Mensagens: 3610
Re: A Garagem do Buckrog: MGB GT BRG (1965) - AutoArt
« Responder #2529 em: 28 de Dezembro de 2013, 15:11:23 »
Tenho um igual. Acho-o fabuloso. Tem ja alguns anos mas uma qualidade irrepreensível e apanhei a preço de saldo. Falta-me agora o roadster.

Fica bem na garagem de qualquer petrolhead historiador como o Rogério  [:happy72:]

Offline Petrelli

  • Feedback: (+8)
  • Colecionador Platinum
  • *****
  • Mensagens: 4614
Re: A Garagem do Buckrog: MGB GT BRG (1965) - AutoArt
« Responder #2530 em: 29 de Dezembro de 2013, 17:06:59 »
Mais uma bela miniatura da Aa com uma representação perfeitinha, como se quer! [:happy14:]
Plena classe e requinte!

Venha o próximo! [:happy14:]

Offline buckrog

  • Rogério Henriques
  • Feedback: (+22)
  • Colecionador Silver
  • ****
  • Mensagens: 3186
  • Um apaixonado por automóveis...
Re: A Garagem do Buckrog: MGB GT BRG (1965) - AutoArt
« Responder #2531 em: 30 de Dezembro de 2013, 10:30:47 »

Obrigado malta pelos comentários! [:happy72:]

A mini enche o olho e ainda mais ao vivo. Quanto aos vidrinhos nas janelas, vocês têm razão, temos que andar de cabelos ao vento, no espírito do roadster...  [:whistle:]
O mundo está cheio de coisas bonitas...


Visitem a garagem do Buckrog, que vale bem a pena...
-> http://www.forum-diecast.pt/index.php?topic=7741.0

Offline Nuel

  • Auto-Otaku
  • Feedback: (+3)
  • Entusiasta do Diecast
  • ***
  • Mensagens: 2747
    • Emanuel Oliveira Photography
Re: A Garagem do Buckrog: MGB GT BRG (1965) - AutoArt
« Responder #2532 em: 30 de Dezembro de 2013, 20:43:55 »
mto fixe este mg. desconhecia por completo o modelo pelo que so tenho a agradecer o facto de mostrares mais um pouco da historia britanica aqui no cantinho  [:happy14:]

fez-me lembrar o programa wheeler dealers, gosto muito de ver por lá os classicos  [:babado:]

Offline Paulo Ferrari

  • Feedback: (+18)
  • Colecionador Platinum
  • *****
  • Mensagens: 5678
Re: A Garagem do Buckrog: MGB GT BRG (1965) - AutoArt
« Responder #2533 em: 30 de Dezembro de 2013, 21:25:46 »
Olha-me que maravilha de mini  [:happy14:]. Destaco a qualidade dos farois, motor muito bem detalhado e interiores.
Parabéns Rogerio.

Offline buckrog

  • Rogério Henriques
  • Feedback: (+22)
  • Colecionador Silver
  • ****
  • Mensagens: 3186
  • Um apaixonado por automóveis...
Re: A Garagem do Buckrog: Porsche 944 S2 Cabrio (1990) - GT Spirit
« Responder #2534 em: 01 de Janeiro de 2014, 23:13:27 »
Desta vez, vamos para um Porsche, mas este até é um dos mal amados…


Porsche 944 S2 Cabrio (1990)

O Porsche 944 foi construído entre 1982-1991, tendo por base a mesma plataforma do 924, cuja produção continuou somente até 1988. O 944 foi concebido para durar até a década de 1990, mas as revisões previstas na versão "S3 " acabaram por ser implementadas no 968, que substituiu o 944.

O modelo tem uma história interessante e diferente, começando, portanto, com o 924. O Porsche 924 foi originalmente um projeto da VW-Porsche, uma joint-venture conjunta criada para desenvolver e produzir o 914 que foi vendido na Europa, tanto como um Porsche e Volkswagen. Em 1972, iniciou-se o desenvolvimento de um substituto para a versão Volkswagen do 914, com o nome de código EA- 425, sendo que o modelo era para ser vendido sob marca Audi como parte do contrato de marketing VW-Audi-Porsche. Os testes começaram na primavera de 1974, mas a Volkswagen decidiu cancelar o programa devido ao custo de produção, bem como à noção de que o recém-lançado Volkswagen Scirocco preencheria eficazmente o espaço de um coupé desportivo.

Na época, a Porsche estava a considerar a introdução de um coupé 2+2 de motor dianteiro e refrigeração a água, para substituir o 912E e a sua versão do 914, pelo que o cancelamento da Volkswagen acabou por ser uma oportunidade. A Porsche comprou, por isso, o projeto e lançou o carro. O veículo tinha um comportamento excecionalmente bom e recebeu críticas positivas, mas foi criticado pelo motor de 2L de origem Audi. Mais tarde, em 1979, a Porsche introduziu um motor turbo no 924 para aumentar a performance, mas o preço foi considerado muito alto para a época, o que dificultou as vendas. Na prática, o 924 nunca foi aceite como um verdadeiro Porsche, havendo pouca compreensão com os seus “defeitos”.

Em vez de acabar com o projeto, a Porsche decidiu desenvolver o 924, tal como tinha feito com as gerações do 911…A Porsche trabalhou a plataforma e abandonou o motor Audi, instalando em vez dele o seu próprio recém-projetado motor de 4 cilindros e 2.5 litros de cilindrada, com veios de equilíbrio para assegurar vibrações reduzidas, tal como outros motores com mais cilindros. Não sendo uma escolha natural para um desportivo de luxo, o motor de quatro cilindros foi escolhido pelo consumo mais reduzido e pelo tamanho mais reduzido. Com mais alterações ao nível do interior, da suspensão e da travagem, a Porsche apresentou o 944 em meados de 1982.

Além de ser um pouco mais rápido, o 944 estava melhor equipado, era mais refinado que o 924 e também mais confortável. O carro tinha também um bom comportamento, devido a uma distribuição de peso quase ideal (50,7% à frente; 49.3 % na traseira), atingindo cerca de 220 km/h e uma aceleração de 0-100 km/h em menos de 9 segundos (nada de muito especial, em todo o caso e mais consentâneo com uma utilização GT que verdadeiramente desportiva…).

Em meados de 1985, o 944 passou pelas primeiras mudanças mais significativas quer a nível de mecânica quer a nível de equipamento. Com o lançamento do Turbo em 1985, com 220cv, a potência deixou de ser um problema, afirmando-se o 944 como um “verdadeiro” desportivo, com uma boa mala e 2 pequenos lugares atrás.

Em 1986 surge o 944S, que com dupla árvore de cams à cabeça e 16 válvulas reduziu a distância em termos de potência para o turbo, recebendo também alguns elementos de chassis, carroçaria e interior do irmão mais potente. Uma curiosidade: já no ano de 1987, e para além de outras mudanças (airbag, por exemplo), foi introduzido o ABS pelo que as jantes Fuchs deixaram de ser opção devido ao seu diâmetro mais reduzido.

No início de 1989 e antes do lançamento do 944 S2 , a Porsche ainda aumentou o motor de 2,5 para 2,7 litros, com uma pequena melhoria de potência (de 158 para 162cv), mas mais significativa de binário.

Em todo o caso, em 1989 foi lançado o 944S2, alimentado por uma versão aspirada de 16 válvulas do motor de 3 litros do 944S, substituindo os anteriores 944 e 944S.  O 944S2 tinha a mesma frente arredondada do modelo Turbo e os pára-choques integrados na carroçaria. A performance melhorou substancialmente, com uma aceleração de 0-100 km/h em cerca de 6 segundos e uma velocidade máxima de 240 km/h.

Os cabrio só chegaram no final da vida do modelo. Em 1990, a Porsche lançou o 944 S2 Cabrio (a versão que se mostra aqui). Foi o primeiro descapotável da linha 944, sendo a carroçaria construída pela ASC – American Sunroof Company na Alemanha.

Apesar de não ser um Porsche “tradicional”, o 944 acabou por ser um modelo com algum sucesso. Quanto ao 944 S2 Cabrio, este foi produzido até 1991, num total de 5656 unidades. O 944 foi substituído pelo 968 em 1991, equipado com o mesmo motor do 944 S2, com sistema variocam e 240cv.

Vamos lá ver a máquina em tamanho real…










Já agora, um videozito do 944 S2 coupé num track-day só para terem uma ideia do potencial do “bicho”…

http://www.youtube.com/watch?v=Aj1uLbRGS6k


Porsche 944 S2 Cabrio (1990) – GT Spirit

A miniatura é uma GT Spirit. É a primeira miniatura deste fabricante e faz parte de uma série limitada de 500 exemplares para os membros do clube. Esta é a número 244.

A mim, a mini parece-me francamente bem, mas vocês dirão. O molde parece muito bem, a pintura está impecável, as ópticas também. As grelhas, os espelhos estão lá e feitos de forma adequada. O fundo do carro é melhor que o típico dos Otto. Depois sendo um cabrio, o facto de não abrir nada, não faz tanta diferença. Também gosto do interior que me parece bem e do contraste do creme com o vermelho exterior.

O compromisso preço-qualidade é capaz de não ser o mais fantástico, mas percebe-se pelo nível de exclusividade da miniatura. Isto porque tendo uma qualidade ligeiramente acima do melhor dos otto, também custa o dobro…

Sei que este é um daqueles Porsches mal amados. Dito isto, não conhecia outro 924/944 Cabrio em 1/18 e por isso tinha que o ter. Estou bastante contente com ele.

Vamos às fotos…





















Continua…
« Última modificação: 01 de Janeiro de 2014, 23:22:09 por buckrog »
O mundo está cheio de coisas bonitas...


Visitem a garagem do Buckrog, que vale bem a pena...
-> http://www.forum-diecast.pt/index.php?topic=7741.0