Autor Tópico: The X-Garage 18 - Chevrolet Corvette XP-87 Stingray Racer  (Lida 330253 vezes)

Offline X-Filer

  • João Góis
  • Moderador Global
  • Feedback: (+18)
  • Génio das Miniaturas
  • *****
  • Mensagens: 10698
  • They're back...!
    • Pombocaca
Re: The X-Garage 18 - Mercedes-Benz 540K Autobahnkurier
« Responder #3090 em: 01 de Janeiro de 2019, 20:28:06 »
Há carros em que a idade só acentua a sua beleza e este é, sem dúvida, um deles. Obrigado por passares por cá!

Offline cds

  • Feedback: (+14)
  • Génio das Miniaturas
  • *****
  • Mensagens: 8141
Re: The X-Garage 18 - Mercedes-Benz 540K Autobahnkurier
« Responder #3091 em: 02 de Janeiro de 2019, 14:57:19 »
Sem duvida alguma um modelo lindíssimo da Mercedes [:clap:] [:babado:]

Offline buckrog

  • Rogério Henriques
  • Feedback: (+22)
  • Colecionador Silver
  • ****
  • Mensagens: 3186
  • Um apaixonado por automóveis...
Re: The X-Garage 18 - Mercedes-Benz 540K Autobahnkurier
« Responder #3092 em: 04 de Janeiro de 2019, 00:06:38 »
Grande João

é por tópicos como o teu e posts como este que vale mesmo a pena vir ao Forum.
Excelente a tua introdução, uma lição de história, sempre instrutiva.
O original é um espetáculo, a mini foi uma surpresa positiva para mim, apesar dos problemas que apontaste. Comprei uma KK-sclale um destes dias e ainda nem abri, acho que me vou dar bem...

Parabéns por este post e pelas fotos da mini e da dupla num cenário muito interessante.
O mundo está cheio de coisas bonitas...


Visitem a garagem do Buckrog, que vale bem a pena...
-> http://www.forum-diecast.pt/index.php?topic=7741.0

Offline X-Filer

  • João Góis
  • Moderador Global
  • Feedback: (+18)
  • Génio das Miniaturas
  • *****
  • Mensagens: 10698
  • They're back...!
    • Pombocaca
Re: The X-Garage 18 - Mercedes-Benz 540K Autobahnkurier
« Responder #3093 em: 09 de Janeiro de 2019, 15:18:36 »
Sem duvida alguma um modelo lindíssimo da Mercedes [:clap:] [:babado:]

Discutivelmente o mais belo?

Grande João

é por tópicos como o teu e posts como este que vale mesmo a pena vir ao Forum.
Excelente a tua introdução, uma lição de história, sempre instrutiva.
O original é um espetáculo, a mini foi uma surpresa positiva para mim, apesar dos problemas que apontaste. Comprei uma KK-sclale um destes dias e ainda nem abri, acho que me vou dar bem...

Parabéns por este post e pelas fotos da mini e da dupla num cenário muito interessante.


Obrigado Rogério. Efectivamente os KK-Scale têm os seus atalhos mas no geral são peças decentes, embora tenha visto que são um pouco bipolares. O 540K é uma boa peça no global, sem dúvida, embora não isenta de erros como disse. Por exemplo, o 400 SA tem aquele pormenor das jantes horríveis e já vi que o 365 GT4 2+2 tem o eixo traseiro terrivelmente descentrado da cava das rodas...  Mas o que quer que seja que está ainda por abrir, venha ele!!

Offline cds

  • Feedback: (+14)
  • Génio das Miniaturas
  • *****
  • Mensagens: 8141
Re: The X-Garage 18 - Mercedes-Benz 540K Autobahnkurier
« Responder #3094 em: 09 de Janeiro de 2019, 16:18:45 »
Discutivelmente o mais belo?

Eu não gosto de dizer "o" porque depende dos gostos de cada um [:lol02:]
E eu sou suspeito pois normalmente adoro os carros da década de 1930 e este não é excepção [:clap:]

Offline X-Filer

  • João Góis
  • Moderador Global
  • Feedback: (+18)
  • Génio das Miniaturas
  • *****
  • Mensagens: 10698
  • They're back...!
    • Pombocaca
Re: The X-Garage 18 - Mercedes-Benz 540K Autobahnkurier
« Responder #3095 em: 09 de Janeiro de 2019, 19:28:22 »
Daí o "discutivelmente"... [:wink01:]

Offline X-Filer

  • João Góis
  • Moderador Global
  • Feedback: (+18)
  • Génio das Miniaturas
  • *****
  • Mensagens: 10698
  • They're back...!
    • Pombocaca
Re: The X-Garage 18 - Barris Drag-U-La
« Responder #3096 em: 20 de Janeiro de 2019, 22:17:06 »
Barris Drag-U-La - 1965 (Ertl Joyride)

Em meados dos anos 60, do outro lado do Atlântico, de entre tantas outras sitcoms na época, havia uma que, por bons motivos ou não, se sobrepunha. Estreada em Setembro de 1964, a série "The Munsters", uma série satírica dos tradicionais filmes de monstros e do estereótipo da saudável "família americana" de então produzida pela Universal Studios e transmitida pela NBC. Retratava a louca vida de uma família de monstros com Fred Gwynne no papel de Herman Munster, uma espécie de Frankenstein chefe de família, Yvonne De Carlo como a sua mulher vampiro Lily Munster, Al Lewis como Grandpa Munster, um vampiro ancião da família, sempre saudosista dos "bons-velhos tempos", Beverly Owen (mais tarde substituída pela Pat Priest) como a sobrinha adolescente Marilyn Munster cuja beleza "americana" tornou a sua família uma pária e Butch Patrick no papel do filho meio-vampiro, meio-lobisomem Eddie Munster.



No decorrer do 4º episódio da 1ª série ("Rock-A-Bye Munster"), Lily Munster comprou um hot-rod e um carro funerário que "fundiu" num só carro, o Munster Koach, para oferecer ao marido Herman pelo seu aniversário.  Este consistia na realidade num chassis Ford Model T de 1926 com uma carroçaria funerária especialmente concebida para o efeito por George Barris e montava na dianteira um V8 Ford 289 predestinado para um AC Cobra mas modificado por forma a respirar através de 10 carburadores Stromberg, com pistões Jahns de alta compressão, árvore de cames central Isky e colectores de escape de competição Bobby Barr. Para levar a potência às rodas traseiras Astro em magnésio com pneus slick Firestone contava com uma caixa manual de 4 velocidades. Acontece que numa drag race, Herman acabaria por perder a Munster Koach e o avô Grandpa viria a utilizar o seu próprio dragster no 36º episódio ("Hot Rod Herman"), chamado de Drag-U-La, para voltar a recuperar a Munster Koach, com sucesso.



O Drag-U-La, segundo reza a história, teve efectivamente como ponto de partida um caixão verdadeiro, em fibra de vidro que Richard "Korky" Korkes conseguiu adquirir à socapa a uma agência funerária em North Hollywood. De facto, Korkes viria afirmar em 2013 que na altura era ilegal comprar um caixão sem um certificado de óbito mas mesmo assim conseguiu fechar o negócio com o director da funerária, pagou em dinheiro (certamente para não deixar "rasto de papelada") e ficou acordado que o caixão seria deixado no exterior da porta traseira da agência funerária onde o pessoal da Barris Kustoms poderia vir buscar após anoitecer. Richard "Korky" Korkes, Dick e Keith Dean foram a equipa responsável pela construção do projecto.



Mas debaixo do caixão residia tudo aquilo de que um dragster é feito: a base era um chassis tubular em aço de perfil quadrangular com 2 longarinas e travessas sobre o qual era instalado, bem ao centro mas à frente do condutor, um V8 a 90º Ford Windsor 289 em ferro fundido semelhante ao que "morava" no Munster Koach com 4726 cc e 2 válvulas por cilindro comandadas por ponteiros e balanceiros, que respirava através de 2 carburadores quádruplos (cada um com a sua conduta de admissão em "asa de morcego" Mickey Thompson Ram-Thrust) e expirava através de 8 tubos de órgão Zoomie, produzindo cerca de 350 cv. A potência era transmitida às rodas traseiras (estando o diferencial traseiro perigosamente próximo do abono de família do piloto, por forma a sentar o mesmo atrás do eixo traseiro, como era hábito na altura) através duma caixa manual de 4 velocidades. As rodas traseiras eram umas Rader em alumínio e aço de 10", envolvidas por pneus slick Firestone com 10,5" (268 mm) de largura, enquanto na dianteira estavam apenas umas finas rodas de raios Speedsport English com pneus Italian de 4" (10 cm) de largura.
 


À boa maneira dos dragsters de então, o que importava era acelerar depressa, parar... era outra conversa. Por isso, o Drag-U-La apresenta apenas tambores no eixo traseiro e um conjunto de pára-quedas na traseira para assegurar que o Grandpa Munster não ia acabar enfeixado na rede de segurança no final da "drag strip".  As suspensões também são uma solução típica de dragster: eixo rígido na dianteira com duplo tirante longitudinal de cada lado e feixe de molas transversal  e na traseira... o diferencial está simplesmente fixado tão solidamente quanto possível ao chassis! Exteriormente, além do caixão, pintado de dourado, George Barris acrescentou mais alguns elementos por forma a dar um aspecto mais "gótico" ao carro: os faróis são candeeiros de carro funerário, os farolins são candeeiros de cemitério e na dianteira e, à frente do pequeno depósito de combustível e do radiador (escondido no interior do caixão), encontra-se uma pedra tumular em mármore com a inscrição "Born 1367, Died ?", supostamente a matrícula do Grandpa Munster do "Velho País". A entrada no habitáculo era feita através da tampa do caixão (de abertura para o lado) no qual foi montada uma "bolha" em plástico para melhor aerodinâmica.



A história destes carros é um pouco confusa, para não dizer pior. É sabido que foram construídos pelo menos 5 Drag-U-Las autênticos: o primeiro, usado ao longo das 3 séries, foi recebendo pequenas alterações e variações e após o término das gravações,  permaneceu na Barris Hollywood Star Car Collection Barris como parte da East Coast Representatives Collection. Sofreu um restauro no final de 2005 a pedido de Al Lewis, por forma a poder conduzi-lo uma última vez antes de morrer, algo que após 3 meses de restauro não foi possível devido à deterioração da sua saúde (viria a morrer em Fevereiro de 2006). O segundo carro, com as aranhas em cima dos faróis, sem a bolha e motor Ford V8 302 de 4943cc (usado no filme Munsters, Go Home!) foi posteriormente posto em exposição no Chicago Historical Antique Automobile Museum in Highland Park, em Illinois, até ao seu encerramento em 1985, quando foi vendido. Veio depois a ser visto no restaurante Planet Hollywood em Atlantic City, New Jersey, onde estava pendurado do tecto num estado de degradação assinalável. Esse restaurante em específico viria então a ser encerrado e o Drag-U-La foi adquirido pelo Volo Auto Museum em Volo, Illinois, onde foi alvo dum restauro completo em 2011 e onde ainda hoje pode ser contemplado. O terceiro carro foi produzido por Rucker Posey para que Butch Patrick pudesse fazer aparições juntamente com o Munster Koach enquanto estava em digressão pelos Estados Unidos, que o manteve depois como seu carro pessoal (usa um motor V8 Chevrolet 400 de 6547cc com admissão dupla para 2 carburadores quádruplos e 400 cv, acoplado a uma caixa automática TH350) e encontra-se actualmente alocado à colecção do Volo Auto Museum, com o qual continua em digressão. Do 4º carro não consegui encontrar informação mas o 5º, que também recebeu o mesmo motor V8 Ford 289 de 350 cv do carro da série, monta uma caixa manual de 3 velocidades e é actualmente o mais original de todos os Drag-U-La construídos. Mais um Drag-U-La que é parte da exposição "TV and Movie Cars" do Volo Auto Museum, mesmo à frente do Plymouth Fury estrela do filme "Christine, o Carro Assassino".



Relativamente à miniatura que vos apresento, é uma representação do estranho carro-caixão realizada pela Ertl na gama "Joy Ride" à escala 1:18 e, tanto quanto sei, a única representação nesta escala deste automóvel (recentemente foi relançado sob a marca Auto World mas não deixa de ser um Ertl...). De um modo geral, está uma representação engraçada do estranho hot rod mas ainda assim não deixa de se notar que foram tomadas algumas "liberdades criativas" aquando da sua concepção. Antes de mais, se olharmos com atenção para o caixão em si e o compararmos com o original, nota-se que tanto a forma do caixão como os adornos do mesmo não são exactamente iguais nem ao carro original da série nem a qualquer um dos outros 4 "publicitários". Depois, os faróis, embora de conceito semelhante, também não são exactamente iguais a nenhum; na lápide entre estes devia ler-se "DRAG-U-LA" e não "DRAGULA". Detrás desta está um depósito de combustível bem detalhado (com direito a abraçadeiras vermelhas e placa identificativa do mesmo como no original), só que tanto a forma como o tamanho são diferentes de qualquer uma das 5 unidades. 



Se andarmos um pouco mais até trás do carro, a primeira coisa que salta à vista são os enormes pneus traseiros slick... que também são largos demais e montam as jantes erradas já que, embora semelhantes ao carro do filme, são de 4 orifícios e não 5. As da frente já são mais correctas embora os raios pareçam um pouco grossos demais. Na traseira os farolins também são engraçados mas infelizmente as lentes não são mais que saliências do molde pintadas de vermelho e laranja conforme necessário. Dando um pouco de atenção ao motor nota-se também que debaixo da admissão dupla de ar está o que aparenta ser um compressor volumétrico, algo que nenhum dos Drag-U-La tem instalados (são todos atmosféricos). Uma pena pois os colectores de admissão até estão bem catitas e os escapes estão correctamente instalados num colector único de onde saem na vertical e pode ver-se que a Ertl até teve algum cuidado em conferir algum detalhe na parte inferior do motor, onde se pode encontrar o cárter do motor e da caixa e o motor de arranque.



No que diz respeito ao interior, o que salta desde logo à vista é o banco com forro roxo, tal como no carro original, que inclui cintos de 4 apoios em tecido e com fivelas em fotoincisão, algo sempre bem vindo numa miniatura. Já o resto também não é exactamente como se pode encontrar nos carros originais: o diferencial tem um acolchoamento com bordado em forma de teia de aranha (talvez para almofadar contra algum eventual... embate) e pelo menos o carro original da série tem o painel de instrumentos sobre a coluna de direcção, com o correcto "volante" tipo dragster. Por último, a placa de trás onde se lê "Drag-u-la" que fecha a bolha atrás da cabeça do piloto é pintada à cor do caixão quando em todos os carros originais (que a têm) apresentam o mesmo lettering mas sobre um painel transparente.


 
É por modelos destes que eu digo sempre que a Ertl é um fabricante bipolar: tem modelos espectaculares e até bem conseguidos mas volta e meia "mete a pata na poça" e este é um belo exemplo! Tem uns pormenores muito fixes como a direcção funcional (exactamente com o mesmo mecanismo que o original), os cintos em tecido ou o caixão ornamentado e com um verniz que lhe confere um ar de profundidade bestial mas depois cometem erros como os que referi acima. Uma pena.
« Última modificação: 21 de Janeiro de 2019, 00:15:56 por X-Filer »

Offline X-Filer

  • João Góis
  • Moderador Global
  • Feedback: (+18)
  • Génio das Miniaturas
  • *****
  • Mensagens: 10698
  • They're back...!
    • Pombocaca
Re: The X-Garage 18 - Barris Drag-U-La
« Responder #3097 em: 20 de Janeiro de 2019, 22:18:55 »















« Última modificação: 20 de Janeiro de 2019, 22:20:50 por X-Filer »

Offline X-Filer

  • João Góis
  • Moderador Global
  • Feedback: (+18)
  • Génio das Miniaturas
  • *****
  • Mensagens: 10698
  • They're back...!
    • Pombocaca
Re: The X-Garage 18 - Barris Drag-U-La
« Responder #3098 em: 20 de Janeiro de 2019, 22:19:44 »


















Offline X-Filer

  • João Góis
  • Moderador Global
  • Feedback: (+18)
  • Génio das Miniaturas
  • *****
  • Mensagens: 10698
  • They're back...!
    • Pombocaca
Re: The X-Garage 18 - Barris Drag-U-La
« Responder #3099 em: 20 de Janeiro de 2019, 22:21:29 »
















Offline X-Filer

  • João Góis
  • Moderador Global
  • Feedback: (+18)
  • Génio das Miniaturas
  • *****
  • Mensagens: 10698
  • They're back...!
    • Pombocaca
Re: The X-Garage 18 - Barris Drag-U-La
« Responder #3100 em: 20 de Janeiro de 2019, 22:22:04 »


















Offline X-Filer

  • João Góis
  • Moderador Global
  • Feedback: (+18)
  • Génio das Miniaturas
  • *****
  • Mensagens: 10698
  • They're back...!
    • Pombocaca
Re: The X-Garage 18 - Barris Drag-U-La
« Responder #3101 em: 20 de Janeiro de 2019, 22:23:17 »


















Offline X-Filer

  • João Góis
  • Moderador Global
  • Feedback: (+18)
  • Génio das Miniaturas
  • *****
  • Mensagens: 10698
  • They're back...!
    • Pombocaca
Re: The X-Garage 18 - Barris Drag-U-La
« Responder #3102 em: 20 de Janeiro de 2019, 22:24:06 »


















Offline X-Filer

  • João Góis
  • Moderador Global
  • Feedback: (+18)
  • Génio das Miniaturas
  • *****
  • Mensagens: 10698
  • They're back...!
    • Pombocaca
Re: The X-Garage 18 - Barris Drag-U-La
« Responder #3103 em: 20 de Janeiro de 2019, 22:24:38 »


















Offline X-Filer

  • João Góis
  • Moderador Global
  • Feedback: (+18)
  • Génio das Miniaturas
  • *****
  • Mensagens: 10698
  • They're back...!
    • Pombocaca
Re: The X-Garage 18 - Barris Drag-U-La
« Responder #3104 em: 20 de Janeiro de 2019, 22:26:41 »










Encontro de hot-rods: Barris Drag-U-La e Ford Model T-Bucket.